Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
14/08/2017
Seminário em Corumbá discute fortalecimento do turismo no Pantanal

Pesca esportiva é uma das vocações do turismo local. Evento contou com a presença do ministro Marx Beltrão

Localizada no coração do Pantanal, Corumbá (MS) é um dos principais destinos brasileiros de natureza e aventura. A cidade histórica, nas margens do rio Paraguai, recebeu, nesta quinta-feira (10), o ministro do Turismo, Marx Beltrão, para discutir com as autoridades locais e segmentos do turismo regional o fortalecimento da atividade na região. O debate ocorreu durante o seminário “Turismo no Pantanal – Perspectivas de Desenvolvimento”.

Entre os assuntos discutidos com o ministro estava a importância da conectividade aérea para atrair mais visitantes brasileiros e estrangeiros, além das melhorias no porto fluvial para o incremento da pesca esportiva. Também participaram do seminário o prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha de Oliveira, o secretário de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck, o Diretor-Presidente da Fundação de Turismo do estado, Bruno Wendling, além dos deputados federais Fabio Garcia e Carlos Marum.

“Não basta a existência do porto, ele precisa estar preparado para receber bem o visitante e a construção de terminal de embarque e desembarque, será fundamental para dar mais conforto para os turistas dos cruzeiros fluviais e de pesca esportiva”, reconheceu o ministro. O projeto do terminal de passageiros do Porto de Corumbá está inscrito no Sistema de Convênios do Governo Federal (Siconv) com previsão de repasse de R$ 1 milhão, mesmo valor que deverá ser investido pelo governo estadual. Para complementar o valor total da obra, prevista em R$ 3,5 milhões, ministro Marx Beltrão e o deputado Carlos Marum estão articulando a liberação de R$ 1,5 milhão por meio do orçamento da Pasta.

O ministro do Turismo destacou, ainda, a vocação natural da região para o ecoturismo e os investimentos da Pasta em infraestrutura para alavancar a atividade com a geração de empregos e renda no Pantanal. Marx Beltrão ressaltou que já foram contratados cerca de R$ 70 milhões em projetos e obras com o governo do Mato Grosso do Sul e em torno de R$ 60 milhões em convênios diretamente com os municípios.

“O Mato Grosso do Sul é de grande importância para o turismo brasileiro e estamos dando total apoio ao estado e municípios para o crescimento do turismo deste grande destino”, afirmou. “O papel do ministério é trabalhar para que o Turismo seja visto, de fato, como uma plataforma para a geração de empregos, de renda e de oportunidades para todos”, concluiu o ministro.

Além do seminário realizado no Centro de Convenções do Pantanal, Marx Beltrão conheceu o Centro Histórico de Corumbá e um dos hotéis flutuantes que navegam pelo rio Paraguai. A embarcação já tem reservas confirmadas até 2019 e é um exemplo da importância da pesca esportiva para o desenvolvimento do turismo regional.

O Pantanal abrange os estados do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, na divisa do Brasil com a Bolívia e o Paraguai, e foi reconhecido pela Unesco como Patrimônio Natural Mundial. A reserva da biosfera é um dos ecossistemas que fazem do Brasil o país número um do mundo em recursos naturais, segundo o Fórum Econômico Mundial.

A cidade histórica de Corumbá, além de “Capital do Pantanal”, é um polo cultural do Mato Grosso do Sul. O festejo junino do Banho de São João, nas águas do rio Paraguai, é um dos destaques locais e atrai mais de 50 mil visitantes. Em junho, a cidade foi um dos cinco destinos brasileiros selecionados pelo Ministério do Turismo para ações de promoção das festas juninas.


Fonte: MTur
 


Últimas Notícias 
23/10/2017
» Hospitalar realizará Warm Up do HIMSS@Hospitalar 2018
23/10/2017
» Feicon Batimat é patrocinadora do Ecomac Bahia 2017
23/10/2017
» Moda e comportamento na “nova elegância” são o tema do papo legal, evento que antecede a Zero Grau
23/10/2017
» Brasil disputa prêmios de turismo entre os melhores do mundo
23/10/2017
» Abav Expo 2017: Boas marcas, público qualificado e uma projeção de R$ 16 milhões em negócios gerados
mais...
  buscar notícias: