Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
14/08/2017
Rodada de negócios gera expectativa de R$ 8,4 milhões

Projeção foi feita durante encontros protagonizados por 21 empresas-âncoras e 92 micro e pequenas empresas

As 21 empresas-âncoras (compradoras) e as 92 micro e pequenas empresas (ofertantes) que participaram da primeira rodada de negócios multissetorial de 2017, em Belo Horizonte (MG), devem movimentar cerca de R$ 8,4 milhões nas transações iniciadas durante o evento. A iniciativa do Sebrae, dentro do Programa Nacional de Encadeamento Produtivo, é a primeira de uma série de três eventos, que devem acontecer até o fim deste ano.

O encadeamento produtivo é uma estratégia desenvolvida pela instituição, que busca promover a inserção de pequenos negócios em cadeias de valor de grandes empresas, por meio de relacionamentos cooperativos de longo prazo e mutuamente atraentes. “Esse é um jogo de ganha-ganha. Ganham as grandes empresas, que têm a possibilidade de melhorar seus indicadores de produtividade e competitividade, a partir da qualificação da sua rede de fornecedores, e ganham os pequenos negócios, que passam a ter acesso a grandes clientes, com a possibilidade de contratos de longo prazo que asseguram estabilidade às empresas”, destaca a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes.

Na avaliação feita pelos participantes, a rodada alcançou os resultados esperados: cerca de 50% deles consideraram o evento ótimo e outros 45%, bom. Keuller Henrique Boy, gerente de qualidade da AWI Service, pequena empresa de montagens eletromecânicas e inspeção para ensaios não destrutivos de Ipatinga, no Vale do Aço, ficou otimista com os resultados: “De nove encontros que tivemos, em seis vimos possibilidades de parcerias com grandes organizações. A dinâmica e a organização do evento tornaram tudo muito fácil”.

Já Fabiana Peniche, proprietária da empresa Stam, de Lavras, no Sul de Minas, que faz gestão de arquivos e projetos elétricos, também avaliou positivamente o evento. “Tive sete encontros que, com certeza, vão gerar novos negócios. Mas, além disso, aprendi um pouco mais sobre o ambiente fora da empresa, como me portar em eventos grandes assim, como contatar adequadamente futuros parceiros, enfim, como ´sair da caixa´”, comenta.

A Rodada de Negócios, em Belo Horizonte, aconteceu no dia 26 de julho. As próximas rodadas devem ser realizadas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, em datas a serem divulgadas oportunamente.

Histórico de parcerias

O Programa Nacional de Encadeamento Produtivo do Sebrae proporciona aumento de competitividade das grandes empresas, por meio do atendimento aos pequenos negócios. Entre os benefícios identificados, destacam-se: aumento do potencial de inovação, melhores preços, flexibilidade, agilidade, redução de custos, produtividade, mais empregos, entre outros resultados positivos. Os projetos de encadeamento produtivo buscam desenvolver e aprimorar a competência dos pequenos negócios para que tenham condições de realizar suas próprias mudanças e adicionar maior valor ao negócio, aumentando sua produtividade. O trabalho do Sebrae é intermediar o diálogo entre grandes e pequenas empresas, buscando identificar os possíveis gargalos e desenvolver ações que preparem os donos de pequenos negócios para atender aos requisitos de grandes empresas.


Fonte: Sebrae-MG
 


Últimas Notícias 
23/10/2017
» Hospitalar realizará Warm Up do HIMSS@Hospitalar 2018
23/10/2017
» Feicon Batimat é patrocinadora do Ecomac Bahia 2017
23/10/2017
» Moda e comportamento na “nova elegância” são o tema do papo legal, evento que antecede a Zero Grau
23/10/2017
» Brasil disputa prêmios de turismo entre os melhores do mundo
23/10/2017
» Abav Expo 2017: Boas marcas, público qualificado e uma projeção de R$ 16 milhões em negócios gerados
mais...
  buscar notícias: