Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
13/10/2017
No Mipcom, produtoras brasileiras apostam na diversificação de modelos de negócios

O Mipcom, o mais importante evento de audiovisual do mundo, está prestes a começar. De 16 a 19 de outubro, as 41 produtoras brasileiras que integram a delegação do Brazilian Content, programa de exportação da Bravi em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), circularão em Cannes com o objetivo de movimentar os negócios, especialmente com players internacionais. Muitas preparam novidades para essa edição do evento, diversificando a área de atuação, os modelos de negócios e os mercados em foco.

Uma das associadas que promete um novo caminho para aproximação dos players internacionais é a Elo Company. Essa será a primeira vez que a Elo, experiente no mercado de distribuição, apresenta-se também como produtora. Além do catálogo de longas e séries, Sabrina NudelimanWagon, CEO da empresa, leva na bagagem os projetos em produção. Eles são frutodo núcleo de desenvolvimento e produção liderado pela ex-executiva da Discovery Network, Maria Carolina Telles, e das parcerias com a rede de jornalistas BRIO para a produção de conteúdos originais investigativos e com a MCN – Rede Snack para alguns formatos multiplataformas.

Além dos conteúdos factuais, a Elo leva outras produções nas quais está envolvida: o longa “O Soldado Sem Arma”, que está em produção avançada e aborda a trajetória de AndreLiohn, maior fotógrafo de guerra da América Latina, e três séries de animação que estão sendo coproduzidas com os parceiros Singular, Mono e Birdo.

Outra distribuidora veterana no Mipcom que leva na bagagem uma novidade para essa edição é a Sato Company, que fechou com o canal Gloob e com a TV Pinguim a representação de todos seus conteúdos para o mercado asiático. A Ásia, por sinal, tem despertado muito interesse de produtores brasileiros. “Temos muito interesse em fazer negócios com países da Ásia, que estão adquirindo cada vez mais obras ocidentais”, conta Nelson Botter Jr., diretor da TortugaStudios. A produtora parte para o Mipcom com as séries produzidas "Os Under-Undergrounds", "A Mansão Maluca do Professor Ambrósio", além do longa-metragem "O Amor no Divã" edo projeto de série animada “Alex Green”, em parceria com a Moonshot. Botter explica que também há a expectativa de que as novas plataformas estejam cada vez mais fortes e abertas à compra de conteúdo.

Para a Sétima Cinema, estreante no Mipcom, especializada em realizar festivais de cinema como plataformas de exibição e de vitrine para possíveis distribuidores e produtores, uma das apostas está no potencial de novos formatos, como a realidade virtual. “Estamos firmando parcerias para projetos que potencializem esse novo mercado no Brasil”, observa Ana Arruda Neiva, sócia-diretora da empresa.

A Panorâmica traz para o Mipcom deste ano a venda de formatos de seus casos de sucesso em séries de ficção, como “Gaby Estrella”, série Infantil realizada em coprodução com a produtora Chatrone e Globosat, e indicada a importantes prêmios internacionais como Emmy International Kids e BANFF; “Sem Volta” série de ação realizada em coprodução com a produtora Chatrone e Record TV, que alcançou relevantes resultados de audiência na TV Aberta (Record TV) e TV Paga (A&E) e é distribuída internacionalmente pela Armoza Formats; e “Rotas do Ódio”, drama policial que será exibida no Universal Chanel em 2018, realizada em coprodução com a produtora Modo Operante e NBC Universal e que também é responsável pela distribuição internacional.

Produtoras participantes

As produtoras 2DLab, 44 Toons, Alopra Estúdio, Animaking, Belli Studio, Boutique Filmes, Bromélia Produções, CabongStudios, Capelini Filmes, Chatrone, CINE Group, Conspiração Filmes, Copa Studio, Cygnus Media, Dogs CanFlyLicensing, DUE Produções, ELO Company, Estúdio Giz, FM Produções, Grifa Filmes, INPUT | artesonora, LUVA, MixerFilms, Moonshot Pictures, Panorâmica, Plateau Filmes, Prodigo Films, Pushstart, Raven Filmes, Red Studio Brasil, Rinaldi Produções, Sato Company, Sétima Cinema, Singular, Split Studio, Synapse, TortugaStudios, TV Pinguim,Up! ContentCo, Visom Digitale Zola integram a delegação do Brasil. Representantes do Rio Content Market também juntam-se ao grupo.

Sobre o Brazilian Content

O Brazilian Content é o programa internacional da Brasil Audiovisual Independente (Bravi), criado em 2004 e realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Com o objetivo de promover o conteúdo audiovisual independente no mercado internacional, o Brazilian Content viabiliza parcerias entre empresas brasileiras e estrangeiras (por meio de coproduções, vendas e pré-vendas para canais de TV, internet, telefonia celular e mídias digitais). O Brasil hoje é considerado um importante mercado no cenário internacional e integra o plano de negócios de coprodução de inúmeras TVs e produtoras.

Sobre a Brasil Audiovisual Independente (Bravi)

A Bravi reúne produtoras independentes de conteúdo audiovisual para televisão e mídias digitais e possui mais de 600 associados em 18 unidades da Federação, nas cinco regiões do Brasil. Fundada em 1999, a associação atua fortemente para o desenvolvimento do mercado audiovisual brasileiro e representa o setor em diversos fóruns de debates públicos e privados. Com uma estrutura profissional e reconhecida representatividade nacional, a Bravi também participa ativamente das regulamentações do mercado audiovisual, incentivando a produção e novos modelos de negócios, além de oferecer capacitação especializada ao produtor independente. Por meio de relevantes parcerias institucionais, apoia a participação do empresário brasileiro no mercado audiovisual internacional.


Fonte: Apex-Brasil
 


Últimas Notícias 
15/12/2017
» 40 Graus mobiliza o setor calçadista ainda no primeiro trimestre de 2018
15/12/2017
» Definidas as agroindústrias para a 18ª Expoagro Afubra
15/12/2017
» Sexta-feira (15) é o último dia para o credenciamento de agências que vão receber chineses
15/12/2017
» Missão comercial para o Reino Unido aproxima players britânicos e brasileiros
15/12/2017
» Festival Geek reúne dubladores e youtubers até domingo em Brasília
mais...
  buscar notícias: