Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
13/11/2017
Destilados nordestinos avançam para novos mercados fora do país

Produtores de cachaça e outros destilados propectam importadores e estabelecem novas parcerias internacionais através do EINNE, que já movimentou R$ 10,2 milhões

As empresas do segmento de alimentos e bebidas geraram mais de R$ 9,2 milhões em negócios, durante o Encontro Internacional de Negócios do Nordeste (EINNE), que encerra nesta sexta-feira (10), em Natal. Parte desse volume vem da comercialização de bebidas destiladas, sobretudo as cachaças de alambique, que encontraram no evento a estratégia para entrar em novos mercados e chegar ao cenário internacional. Dez empresas participam do evento e realizaram contato e futuras parcerias com importadores de países, como Alemanha, Bélgica Canadá, Colômbia, Equador, Rússia e Tanzânia.

Uma dessas empresas é a Tiquira Brasil, uma pequena indústria do Maranhão que produz tiquira, um destilado obtido da mandioca. De acordo com o sócio proprietário da empresa, Robert Stinglwagner, a bebida típica dos povos indígenas deverá ganhar o mundo. Isso porque, no encontro, ele abriu canais de negociação com grupos importadores do Canadá Colômbia, Equador, Rússia e Tanzânia. “Todos provaram a tiquira, avaliaram bem o sabor da bebida, que tem um gosto muito peculiar e demonstraram interesse em importar o nosso produto, que ainda é desconhecido da maioria dos brasileiros. E se trata de um destilado 100% nacional, já que feito de uma planta nativa do Brasil”.

A tiquira é bem apreciada no Maranhão, no entanto, a industrialização para venda em escala comercial só ocorreu há quatro com a ideia do empresário carioca e sua mãe de abrir uma fábrica da bebida na cidade de Santo Amaro do Maranhão, que fica a 200 quilômetros da capital São Luís. Atualmente, a indústria produz por ano, no modelo fair trade (comércio justo), 24 mil litros de tiquira tradicional e mais 2 mil litros da mesma bebida armazenada em barris de emburana.

“O EINNE está totalmente de acordo com as nossas estratégias de divulgação da bebida e prospecção de clientes”. Apesar de estar preparada, a Tiquira Brasil ainda não exporta e pretende se lançar no mercado internacional. A aposta é tão alta que a empresa já está reestruturando a linha de produção para dobrar a capacidade de processamento do destilado. “Vamos dobrar a produção para termos um preço mais competitivo”, projeta Robert Stinglwagner.

Chegar a mais mercados é também o objetivo da Cachaçaria Limoeiro, que estabeleceu contatos com compradores internacionais ainda na primeira edição do EINNE e aperfeiçou a cachaça para atender aos padrões internacionais. A empresa criou a Jaualle, uma linha de produtos com a bebida que é a cara do Brasil para atender à legislação de alguns países e com embalagem diferenciada. “O encontro serviu para consolidar os contatos que fizemos na edição anterior”, diz o empresário Raimundo Primo, proprietário da cachaçaria que fica instalada no município de Feira da Mata, no Oeste da Bahia.

A empresa já havia enviado o produto para Alemanha e Bélgica – 800 garrafas e 200 litros a granel – mas o empresário quer ampliar essa rede de distribuidores internacionais. “Abrimos canais de comercialização com importadores da Rússia e do Canadá. O desafio para nós, produtores de cachaça artesanal, é fazê-la chegar a grandes vitrines no mercado externo”, argumenta Raimundo Primo.

Avaliação

Até o momento, o EINNE chegou a movimentar mais de R$ 10,2 milhões em função de 1,2 mil reuniões de negócios em dois dias. A estimativa é atingir o volume de R$ 25 milhões até os próximos meses, quando as parcerias são concretizadas. Estruturado em salões, onde ocorrem as rodadas de negócios, o encontro conta com 150 empresas de todos os estados do Nordeste dos segmentos de alimentos e bebidas, cosméticos, moda e energias. Essas empresas estão ofertando produtos e serviços para grandes grupos compradores nacionais e internacionais.

Promovido pelo Sebrae no Rio Grande do Norte e Federação das Indústrias do Estado (Fiern), com patrocínio do Banco do Nordeste e apoio de parceiros, pela segunda consecutiva, o evento está sendo realizado em Natal e reúne em torno de 30% das pequenas empresas nordestinas exportadoras. “Há uma avaliação muito positiva dos empresários que participam do evento justamente pela qualidade dos contatos. A decisão de reduzir para quatro segmento foi muito assertiva. Isso proporcionou uma aproximação muito mais efetiva, aumentando as chances de fechamento de novos negócios”, avalia o diretor de operações do Sebrae-RN, Eduardo Viana.

Para o executivo, a realização pela segunda vez do EINNE em Natal deixa o Rio Grande do Norte numa posição muito privilegiada no Nordeste por virar uma referência, juntamente com estados maiores e com maior expressão exportadora, na área de comércio exterior. A parceira com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) foi decisiva para o sucesso do evento. “Essa aproximação da Apex com o Sebrae só beneficia as micro e pequenas empresa”, garante Eduardo Viana.


Fonte: Sebrae-RN
 


Últimas Notícias 
23/01/2018
» 2ª edição do Biomass Day ganha dois dias a mais e expande agenda de discussões sobre geração de energia
23/01/2018
» Abimad 2018 traz novidades ao São Paulo Expo
23/01/2018
» Smart City Expo Curitiba abre inscrições e define programação
23/01/2018
» Première Vision NY: três marcas do Texbrasil participam da edição de primavera/verão
23/01/2018
» Campus Party 2018 acontece no Anhembi
mais...
  buscar notícias:
 
 
Feiras 2019, Feiras 2018, Feiras 2017, Feiras Industriais, Feiras do Brasil, Feiras e Eventos, Feiras e Congressos, Feiras no Brasil, Feiras Brasil, Calendário de Feiras, Calendário Feiras do Brasil, Feiras, Feiras 2019 SP, Feiras 2019 São Paulo, Feiras 2018 SP, Feiras 2018 São Paulo, Eventos SP, Eventos São Paulo, Feiras Anhembi, Feiras Expo Center Norte, São Paulo Expo, Calendário 2019, Calendário 2018, Calendário 2017, Eventos 2019, Eventos 2018, Eventos 2017, Congressos 2019, Congressos 2018, Congressos 2017, Turismo de Negócios, Agenda de Eventos, Agenda de Feiras, Agenda de Exposições, Exposição Agropecuária, Eventos Empresariais, Expo 2019, Expo 2018, Expo 2017, Expo Center Norte, Anhembi Parque, Transamérica Expo Center, Riocentro, Centro de Eventos Pro Magno, Bienal do Ibirapuera, Centro de Convenções Frei Caneca, NFeiras, feiras 2019 brasil, feiras 2018 brasil, calendário brasileiro de exposições e feiras 2019, calendário brasileiro de exposições e feiras 2018, feiras 2019 sp, feiras 2018 sp, calendario de feiras em sp 2019, calendario de feiras 2019, calendário de feiras e eventos 2019, calendario de feiras 2019 brasil, calendario de feiras em sp 2018, calendario de feiras 2018, calendário de feiras e eventos 2018, calendario de feiras 2018 brasil, calendário brasileiro de exposições e feiras, Feiras em 2019, Principais feiras realizadas em 2019, Acesse as feiras que se realizam em 2019, Feiras em 2018, Principais feiras realizadas em 2018, Acesse as feiras que se realizam em 2019, Acesse as feiras que se realizam em 2018, Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras, Exposições e Feiras, Expofeiras, Sistema de Gerenciamento de Exposições e Feiras, Eventos & Feiras, Feiras & Negócios, Feiras & Congressos, Calendário das Principais Feiras de Negócios do Brasil 2019, Calendário das Principais Feiras de Negócios do Brasil 2018, Calendário de Eventos, Sistema de Exposições e Feiras, Feiras em Brasil. Calendário de feiras em Brasil, Calendário de Feiras SP 2019, Calendário de Feiras SP 2018, Calendário Brasileiro de Feiras e Eventos, feiras e eventos empresariais, feiras de negócios e eventos empresariais