Atenção:

Para navegar no site habilite o "JavaScript" em seu navegador (browser) de internet!
 
 
 
Destaques
 
Notícias Online
 
  buscar notícias:
 
14/11/2017
6ª rodada de negócios Apla/Datagro gera mais de US$14 milhões em prospecção

O Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution, parceria entre o Arranjo Produtivo Local do Álcool (Apla) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) promoveu no dia 8 de novembro, a 6º Business Round Apla/Datagro no Hotel Grand Hyatt, em São Paulo.

As rodadas de negócios foram realizadas durante a 17ª Conferência Internacional Datagro sobre Açúcar e Álcool, onde o principal objetivo é divulgar a tecnologia brasileira na produção e processamento da cana-de-açúcar e combustíveis renováveis como etanol, biodiesel, biomassa, bioeletricidade, entre outros.

O projeto visa apresentar toda a cadeia produtiva brasileira do setor sucroenergético para compradores estrangeiros, que este ano vieram dos países: Belize, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Honduras, República Dominicana e Peru. “É um contato direto que os empresários estrangeiros têm com as novas tecnologias, produtos, soluções e equipamentos fabricados no Brasil e um importante mecanismo de fomento à exportação”, disse Flavio Castellari, diretor executivo do Apla. Do Brasil, 34 empresas participaram das rodadas em reuniões com 11 compradores estrangeiros, que geraram mais de US$ 14 milhões em prospecções de negócios.

Nas 232 reuniões individuais realizadas no evento, os participantes brasileiros tiveram a oportunidade de mostrar os produtos para representantes de usinas produtoras de açúcar, etanol e energia. “Viemos para a Conferência Datagro para entender mais sobre o mercado de açúcar brasileiro e para a rodada de negócios em busca de tecnologia, inovação e contatos”, conta Wilson Roa, do Engenho Cristobal Colon, participante da República Dominicana na 6ª Rodada de Negócios Apla/Datagro.

Já o participante Luis Cutz, do Santander Sugar Group, de Belize, veio em busca de novidades para o aumento da produção de açúcar. “Estou aqui para conhecer novas tecnologias, novos processos e ampliar meus contatos. É a primeira vez que participamos das rodadas de negócios e estamos trabalhando bastante para ampliar nossa produção de açúcar”, relatou o participante.


Fonte: Apex-Brasil
 


Últimas Notícias 
17/11/2017
» Francal 2018 lança projeto inédito e inovador para segmento infantil
17/11/2017
» HIMSS@Hospitalar será apresentado na Medica 2017
17/11/2017
» Empresário bom pagador deve ser reconhecido
17/11/2017
» Apresentação de tendências da feira de luxo Première Vision ocorrerá em Novo Hamburgo
17/11/2017
» São Paulo, Paraná e Santa Catarina recebem Conexão Inspiramais
mais...
  buscar notícias: